quarta-feira, 17 de abril de 2013

Escudeira







Dormi ontem pensando em você,
E querendo descansar no teu amor.
Hoje me proponho a ser o teu alento na dor.
Pretendo proteger-te do excesso de crueldades e injustiças.
 Quero partilhar a minha vida subnutrida contigo,
E juntos regurgitarmos doçuras brandas de prazer.
Eu quero unir meu ventrículo esquerdo a tua válvula cardíaca,
E incólume submergir nos teus impulsos.
Quando estiveres convalescendo,
Eu serei a tua força motriz e te cobrirei com meu braço esquálido.
Buscarei vigor onde não existe para te resguardar de todo mal,
Eu cuidarei de você,
Eu te protegerei,
Eu te amarei por todo sempre,
Sempre!

4 comentários:

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Olá

São lindas
as palavras
que falam do amor.
Amor é acima
de tudo,
fazer o outro feliz...

Acorda a alegria em ti,
como quem acorda uma pessoa muito amada...

Lucinalva disse...

Olá

Linda reflexão. Gostei do seu blog, muito acolhedor. Um forte abraço.

Luizinho Santos disse...

Nos sonhos,as palavras são protetores insones do amor dos poetas.

Luizinho Santos disse...

Nos sonhos,as palavras são protetores insones do amor dos poetas.