segunda-feira, 21 de junho de 2010

Engano

segunda-feira, junho 21, 2010 9 Comments


Queria que o momento vivido nunca se apagasse

Acho um só ponto

Vejo um só laço

Ouço um sonoro estrondo

Sinto um só segundo


Queria que o momento vivido se eternizasse

Mesmo nesse ciclo de exatidão

Nem que para isso ainda me falte chão


Queria que o momento vivido se configurasse

No calor do fogo

No labor do ócio

Na configuração da alma

Na cálida fala


Queria...

Queria....

Só querer!

domingo, 6 de junho de 2010

Meu coração se faz deserto

domingo, junho 06, 2010 17 Comments


Meu coração se faz deserto.
Árvores retorcidas.
Vento quente.
Poeira.
Solidão.
Chão.

Meu coração se faz deserto.
Talvez para se perder
e se perdendo se encontrar
e por milagre reencontrar
a pequena chama
que sempre ardeu em meu peito,
mas que me acostumei em nao lembrar
Meu coraçao se faz deserto para enfim poder amar.