domingo, 1 de maio de 2011

Negação


Não sou poetisa

Atrevo-me a poetizar

Sou audaciosa, atrevida

Sou uma flor a desabrochar


Meu maior prazer é brincar do que não sou

Escrever é meu ponto de fuga

Minha lucidez alucinada

Sou uma história inacabada


Risco no papel gotas de acaso

vivo neste céu anacromático

Sou uma farsa em ode pueril

de imaginação fértil e viril


Falo sobre o tudo e sobre o nada

Do lado obscuro das palavras

Da imensidão do tempo

Do poder da rima

Da trivialidade da vida


Quero suspirar aliviada

quando o fim da estrofe sucumbir em versos

os meus desejos mais profundos

E falar em grito ao mundo

Tudo que meu coração cogita a permanecer imune.

10 comentários:

Sandro Ataliba disse...

Como eu costumo dizer, a gente escreve para não explodir.

MeDoEscuro disse...

Poxa..Tem bastante tempo que não vejo um poema tão bonito.
Parabéns.

Karine Lima disse...

"escrevo porque se eu não escrver não sou eu. É um clone!"
bjos!
me visita

http://allons-y-blog.blogspot.com/
http://odiariodalouca.blogspot.com/
http://moda-dia-a-dia.blogspot.com/

Robson Araújo disse...

belos versos

se possível visite meu blog

www.semente-terra.blogspot.com

- Mariana Ferrer disse...

liiiiiiindo, sério! adorei!
belo blog!
.
http://www.marilovers.co.cc/

Raquel Machado disse...

Poema lindo e cheio de dualidades! *-* A vida sem escrever não é viver!

http://avidaemlinguaportuguesa.blogspot.com/

Doritos disse...

*oo*
com certeza voc é uma poetiza
voc escreve como se fossem as
próprias letras se juntando
com um sentimento humano o;
segundoo '
**
http://viceveersa.blogspot.com/

Anônimo disse...

a poesia é sua? bem bonita, parabens

http://aneurysmnanet.blogspot.com/

Mariana Leal disse...

a gente escreve para não explodir²

muito lindo seu post , é sempre bom matar a saudade daqui

Lívia Soares disse...

Nossa! Que lindo poema!
Você tem muito talento.
Parabéns o blog tem muita coisa bonita!

Se quiser conhecer o meu serão bem vindos!
http://liviasemcortes.blogspot.com/

Beijos e uma boa semana!