quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Você



Procurei você, mas não o encontrei...

Fragmentos seus rondam em meio ao caos em decomposição

Ruptura nos une.

Emoção nos envolve.


Procuro você entre as estrelas do céu...

Mas o céu se torna pequeno

tamanha ausência sentida.

Quero sentir o teu cheiro de papoula molhada.

Quebrar barreiras olfativas, auditivas e táteis.


Procurarei você em cada célula visceral.

Moléstias não me abalarão.

Ferimentos cicatrizarão.


Dormirei tranquila na desilusão.

Não me aborreça, nem me torne sã.

Prefiro sonhar...

a exalar meu último suspiro sem você.

Prefiro...

Assim prefiro!




Astréia

19 comentários:

Inez disse...

Nossa muito profundo, a dor da solidão é tanta que leva ao sono tranquilo para o sonho.

Ana Lucia Nicolau disse...

Oi, concordo com a Inez, poema profundo, marcante e bem escrito.
abs

Verbal Kahn disse...

não eh meu genero favorito, mas parabens pelo blog

Michael Levesque disse...

Desculpa mas esse tipo de blog tb não é minha praia...

Neuro-Musical disse...

Poema muito bom, expressa bem como é sentir-se rejeitado e só. Muito bem!

http://cerebro-musical.blogspot.com

Diogo de Castro disse...

A D O R E I, sem palavras que descrever esse poema, mto profundo meu, demais!


www.100-categoria.blogspot.com

Jhonny Rodrigues disse...

Parabééns pelo blog!!

Érico disse...

Vou ser sincero com vc: não curto mt poesia, ainda mais desse tipo. A minha praia é mais cinema sabe.
Porém, nem por isso sou uma pessoas insensivel, mt pelo contrário sou uma pessoa mt amável, carinhoso e atencioso com tds. E eu acho q isso é o q conta pois não adianta a pessoa dizer q adorou, q gostou ou sei la o q qndo na hora q mais necessita realmente, é um verdadeiro cavalo ignorante q não sabe nem o q significa a palavra gentileza.
Me desculpe se lhe ofendi em alguma coisa mais não foi essa minha intenção ok, só estou expressando meu comentário e um comentário verdadeiro por sinal e não apenas duas frases só pra dizer q comentou e não ser expulso da comunidade do orkut ou algo assim. Parabenizo vc pelo seu blog, só não posso dizer q serei fã mais acho mt importante ter essa variação de assunto pois existem tbém uma variação de gostos né? Então sem recentimentos e de blogueiro pra blogueiro um grande e sincero abraço blz.
Do amigo Érico
www.cinemeirosnews.blogspot.com

Alexandre disse...

Eu sempre me pergunto,se essas poesias que encontramos pela internet dizem algo para quem as escreve,ou se eles fazem apenas para testar suas habilidades...

Parabens em todo caso.

Alaor Pedroso Netto disse...

Bom, profundo, mto legal!

K∂riиє* Smith. disse...

Achei que voce quisesse encontra-lo,mas no final acho que mudou de ideia...

Carol Gressler disse...

Definitivamente lindo! Muito bem escrito e de uma profundidade tocante...

Naya Rangel disse...

Muito profundo e bem escrito! Parabens!

Abraços!

SinaldoLuna" disse...

Como sempre, adoro passar aki e ler esses belíssimos textos com essa profundidade que voce sabe descrever! Mais uma vez, parabéns

www.sinaldoluna.blogspot.com

Deane disse...

Nossa que lindo, parece coisa de livro!

Lucas Meloni ** disse...

Texto muito bonito, achei interessante.

Visite http://jornalismovivo.blogspot.com

Veríssimo disse...

Ih, Narciso, que depressão é essa? essa carência... Por que você escreve, afinal? Não se sente bem ao escrever, ao se expressar? É mercadológico escrever para ser lido, se expressar como "produção"! Antes de postar e fora do blog, seus escritos tem vida: ignora-as? Cara, não vou fazer o comentário que você quer.

My disse...

muito bom, parabéns.

beijos

passa lá:

http://vermelhocerejaa.blogspot.com/
http://osilenciodaspalavrasfalantes.blogspot.com/
http://derretendosatelite.blogspot.com/

Bruno Araújo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.