sexta-feira, 17 de julho de 2009

Leitura


Li você...


Dissertei o seu corpo e

divaguei pelo seu rosto.


Senti o frescor dos seus cabelos e

escrevi sobre o seu colo.


Enunciei o seu cheiro e

discorri pelo seu torso.


Suspirei no seu ouvido e

sussurrei algo sentido.


Li você...


Dissertei sobre o seu ventre e

divaguei pelo seu peito.


Senti a força do seu abraço e

a maciez dos seus lábios.


Escrevi sobre a sua pele e

anunciei o seu calor.


Discorri sobre você e

rendi-me ao seu vigor.


Li

Você...


E lendo

sucumbi-me ao seu amor.




Astréia


21 comentários:

Ricardo Matos disse...

Linda poesia.
PARABÉNS!!!
Adoro o seu blog, já estive aqui algumas vezes.


Se puder visita o meu:

http://loucurasdaimaginacao.blogspot.com/

Felipe disse...

Vou ser sincero. Até gosto de poesia, mas sua literatura não me agradou muito na forma, eu sou meio chato mesmo, no mais até que é legal e o blog foi muito bem feito.

abraços.

maands disse...

Ooi! adorei o seu blog! e a poesia é linda! *-*
sucesso !

Eu mesma disse...

Ok, Felipe! Normal...às vezes ela não agrada nem a mim mesma!

Talita disse...

Eu gostei, ate por que o corpo tem linguagem mesmo :)
leio os olhos das pessoas, eles conseguem ser mais veridicos que as palavras que saem da boca

Andreia disse...

Perfeito ^^ não curto muito poesia, mas a sua é fantástica. Uma das poucas poesias que realmente gostei.
Forte abraço!

FábioE§¢orpïão disse...

Bacana a metáfora, a associação de "leitura" com o ... como direi? ... "ato de amor". :)

Sugere uma letra de música.

Jéssica Modinne disse...

Perfeito...
Não sou muito fã de poesias (sou eternamente revoltada por não conseguir escrever poesias XD) mas achei lindo o que você escreveu, como se o leitor fizesse os mesmos caminhos que a leitura nos proporciona.

www.hoppipollablog.blogspot.com

Angelo A. P. Nascimento disse...

Astréia, como sempre, vc surpreendendo nas palavras doces e fortemente descritivas de seus sentimentos.
Poesia não é para qualquer um. Vc é dela.
Lindo
Parabéns

Rogerio disse...

linda palavras...expressa com amor...

Inez disse...

Lindo poema, adorei.ca

Vini e Carol disse...

Muito bonita.
Usou palavras suaves, rimas legais.
Gostei.

Beijos.

Wagner disse...

Não sou bom em comentar blogs poéticos, mas o seu me atraiu pelo fato de ser harmonioso

Um layout agradável, que combina com o conteúdo.

São poucos os sites poéticos e literários como o seu. Você está de parabéns! =D

Ben Oliveira disse...

Muito legal o texto =)

Jenny disse...

Maravilhoso de verdade

Amigo de Castro Alves disse...

Amigo de Castro Alves: ler e interpretar!Mas como? E quando? E, o quê? Há vários tipos de leituras em todos os aspectos ,em todos ambientes principamente na vida, que usamos de forma inconsciente ou consciente .Como um filósofo mordeno relatou-me uma vez a natureza é o livro em aberto basta lê-lo e interpretá-lo .Meus parabéns Astreia suas poesias nos faz pensar.

Tarcyla Guiotto disse...

Taa perfetiito o seu Blog, Parabéens !

Keffey disse...

Oi, primeiramente queria agradecer por ter visitado meu blog ^.^
E sobre seguir, é só clicar no botão Participar deste site, facinho!

Pet Child disse...

Feliz dia do Amigo!

Mas que poema lindo. Seu layout está show, parabéns.

kbritovb disse...

caraca mto show parabéns

Márcia Paula-36 anos,casada. disse...

Adorei TUDO!!
Poesia linda e o blog é de um bom gosto...sem palavras!!!
O meu é bem humilde e trata de um assunto nada literário ou poético, mas se puder visite-o.
http://emagrecendomp.blogspot.com/
Abraços!