sexta-feira, 24 de julho de 2009

Comunhão


Aqui está meu coração...

Toma-o!

Aqui está meu coração...

Sinta seu pulsar, seu calor inebriante,

sua grandiosa singeleza.

Veja-o!

Contemple o seu vermelho vivo,

suas veias bem feitas.

Ouça as batidas ritmadas

e vibre com a vida que emana de seu interior.

Sinta também o doce aroma que ele expele

nas manhãs ensolaradas.

Eu sei.

Não há como resistir.

Aqui está meu coração.

Toma e come!

Coma-o, mastigue-o levemente

e perceba sua amarga doçura

que apazigua e impele.

Engula meu coração.

Isso, engula-o!

E sinta o milagre espetacular

de minha vida em sua vida.

Sinta meu sangue em cada célula de seu corpo,

sinta meu coração no seu coração.

Sejamos um e ao mesmo tempo dois ou três.

Aqui está meu coração...

Eu me ofereço neste poema.

Desde agora e para sempre.

Se você o aceitar

armarei a minha tenda

em seu próprio coração

e cearemos felizes por sobre as águas translúcidas.

24 comentários:

Leia Nóis? disse...

que mensagem bonita.
parabens pelo blog. um abraço

Estêvão dos Anjos disse...

muito legal. gostei msm, bem intenso e com metáforas ótimas. ra um poema que eu gostaria de fazer tem até a ver com meu blog :p

www.artenaarteria.blogspot.com

Rafael Iglesias disse...

Aí está seu coração... asuhhauh... Belo poema. Eu escrevi um sobre o meu dia desses lá no blog... www.rafael.iglesias.zip.net/livroaberto

PanPum Flûor disse...

muito legal!

a imagem é meia tronxa .-.
mas tudo bem

q coração em, muito bom, os primeirosv versos sao so melhores

JuANiTo disse...

Posso chamar de um amor egoísta.
Foi o que me passou com tantos imperativos.
Mas nao deixa de ter sua beleza.
Mesmo sem certa sutileza, é uma das facetas que amor aparece na vida.
Abraço

RR disse...

Que perfeiito

Amanda Leandro disse...

Bela mensagem. Lembrou-me devaneios de um grande amor.

*Teta de Nêga* disse...

Adorei a mensagem!

Euzer Lopes disse...

Se um dia uma mulher me fala ou escreve isso, se ela não for a mais feliz do mundo, pelo menos eu terei me esforçado em fazer isso por ela.
Porque só uma mulher que encontra caminhos para um amor assim, é amada como tal.
E vice-versa.

Débora disse...

Grande vontade de ser amada e amar...quem não tem?
Tantas vezes oferecemos nossos corações, quantas vezes renegamos outros...é a vida!
Um abraço

Tiago Dadazio disse...

RAULZITO JA TAVA PRA LÁ DE BAGDÁ!

Mogui ; disse...

lindo lindo lindo! :D

como sempre *-*

beijo!

Alam Oliveira disse...

Profundo, simples e perfeito...
Um poema escrito com uma sutileza e demonstra a beleza do amor em com união!
Parabéns pelos blog e desde já, torno-me seguidor!

Apareça no http://revolucao29.blogspot.com/

º°● Piter disse...

"Veja-o"

Que intenso isso menina! Vc que escreve exatamente tudo? Se sim, parabéns!


Abrs

Eu mesma disse...

Olá Piter! Também achei intensa, essa e outras inúmeras composições do Narciso. :)
O blog é compartilhado (Astréia e Narciso) e no final de cada postagem tem o nome do autor ou autora.

Volte sempre, você é bem vindo.

Abraço e obrigada!

BRINKEDIM disse...

Parabens pelo post, muito bonito a mensagem, mas passa um certo ar de tristesa, melancolia, sei la. mesmo assim, muito bonito.

Mateus Ksyvickis Luz disse...

Parabéns pelo texto, muito bonito!!
O blog tbm eh perfeito!! Parabéns!!Sucesso ae...
Espero receber sua visita no meu tbm, fica o convite:

http://guardeparaosdiasdechuva.blogspot.com/
* ... música, política, celebridades ... *

Abraços...

clarizinha disse...

É um poema exelente, onde você encontra esses poemas tão lindos???
Seu blog está um arraso, parabéns!!!
beijos*-*

Junior disse...

Muito bom!

A comunhão, isso lembra uma recitação de canticos que o homem faz antes de receber a amada.

Paraéns!

dominiomarinho disse...

wow, tu que fez? muito bom! realmente está ótimo, parabéns... Gostei muito, mas admito que ri ao não poder evitar de imaginar um coração de frango no espeto ao ler "pegue meu coração e engula-o" HEUHEUHEHEUHUEHE

Talvez eu não esteja tão sensível hoje u_u'

Mas de qualquer forma, linda menságem e ótima foi a forma de transmiti-la, parabéns pelo poema!

dominiomarinho disse...

Fico feliz que tenha gostado da minha forma de escrita, amanhã deve sair a continuação. Sempre que puder eu passarei aqui pra conferir tuas atualizações, gosto muito de poesia também, já tive minha fase de poeteiro, mas os meus escritos jamais verão a luz do dia hohoho.

Admito que nesse estilo nunca fui tão talentoso como voces. Obrigado por agraciar a blogsfera com um pouco de sensibilidade e arte, embora nem todos a compreendam (tipo eu que fiquei imaginando churrasco HASUHSUHASUHAS). Se der posso tentar te passar o contato do Fabrício Carpinejar, ele mora aqui perto. Não sei se o conhece, é um dos melhores poetas dos ultimos tempos... Mas como ele mesmo disse, poesia não dá ibope e nem vende livro, poeta ganha a vida dando palestra... Infelizmente o povo não dá valor pra esse tipo de arte...

dominiomarinho disse...

Olham eu não sei nem como faz pra seguir os outros, quanto mais pra ser seguido HEUHEUHEU. Eu sei que o firefox tem aquele botãozinho dos feeds do lado da barra de endereços e o wordpress coloca feed automático nos blogs... Mas não sei como faz pra por um link disso no blog... Sou novo nesse meio (embora meu blog tenha mais de um ano, só comecei a postar ativamente há um mes) e não sei a maior parte das coisas, sou total perdido no assunto =P

plaidy disse...

Poema muito bonito :D
Diz uma grande verdade, quando a gente gosta demais: doa o coração. Não somos mais donos.

Obrigada, que bom que gostou.
Beijos!

Plaidy disse...

Ah, ia comentar da imagem e esqueci: incrível esse coração em pleno espaço.