segunda-feira, 1 de junho de 2009

O dia em que sorri para morte

Esta história aconteceu devido ao meu vício, um tanto quanto recomendado, mas com as devidas precauções de devanear, de divagar ou de ir além da imaginação. Pensei conhecer muitos canais. Os meios de comunicação estão fervilhando deles. Tem canal para todos os gostos. Tem canal famoso. Tem o menos famoso, mas conhecido. O não conhecido por alguns, e, quem sabe, o totalmente desconhecido.


Existe também aquele canal que nos une. Esse é bem conhecido, serve para ligar relações harmoniosas, para passar informações. O Canal de Freqüência, atribuído ao input (entrada) e ao output (saída). Sem contar o canal que liga rios, lagos e açudes. O Canal deferente, bem familiar para anatomia masculina, que é anatomicamente cada um dos dois ductos excretores testiculares. Tem tipograficamente o canal referente à goteira da planta, de casa, do livro...

Entretanto, submeti-me a um Canal pulpar por ironia do destino. Morri de medo quando soube do que precisava. Afinal de contas, o Aparelho de Raio X Paronâmico ficou sabendo, informou ao dentista que fez o laudo para o outro ao qual fui encaminhada, e, que, por fim, contou-me. Ou seja, fui a última a saber. Quer dizer, para não ser injusta com o dito-cujo (o dente), ele me avisou tempos atrás com uma dorzinha superficial, dormente, não tão forte a ponto de procurar o dentista e cessando rapidinho.


Pois bem, tudo teve início quando procurei um ortodontista, o qual exigiu que eu fizesse uma bateria de exames de Raios X , e, dentre eles, eis o Raio X panorâmico que detectou uma mancha escura na raiz do dente. Entretanto, como já frisei, só soube do canal através de outro dentista o qual fui encaminhada para as extrações necessárias antes do tratamento ortodôntico. Sabia apenas das extrações dos sisos, porém não do canal.


Tremi nas bases e saí correndo para obter informações de quem já havia se submetido ao tratamento. Perguntei a uma amiga e busquei informações na internet. A amiga disse que doía muito, “prepare-se para sofrer”. Na internet, as opiniões eram bem divergentes: “dói”, “não dói”, “fiz quatro e não dói sob o efeito da anestesia”, etc. Porém, apesar do terror não tão horrível da cadeira do dentista, tinha convicção de que ia doer. De antemão, sentia o gosto de sangue na boca e a dor batendo à minha porta (boca)...E qual a minha surpresa? Não doeu patavina. Não foi utilizado nenhum tipo de anestésico. Primeiro, porque não gosto e, segundo, porque não foi preciso. Tá bom, confesso que a frase fica melhor invertida.


Acreditem se quiser. Não senti nada! E tudo porque a raiz de meu dente já estava morta. Nunca pensei que fosse sorrir tanto para a morte.

24 comentários:

→Aท@ ¢A®0ℓ!ทA← disse...

Haa mto bom! Me identifiquei com seu post... Eu e o meu medo de dentista, e o tal do siso que vou ter que tirar! =D

Mto legaal =**

http://anacarolinolandia.blogspot.com/

Diego Rodrigo disse...

Adorei o texto você faz umas analogias bem interessantes. Palaavras que tem um sentido bem fundo para quem ler com cuidado parabéns pelo texto!

Gostei muito do Layout de seu blog também!

Sucesso!

Tchezar disse...

É... Eu confesso que tenho um certo medo de dentista.
Quando dei início ao meu tratamento ortodôntico, além dos sisos eu tinha que extrair mais 4 pré-molares. Foi um sufoco... Saí tenso, e tão tenso que minha boca não parava de sangrar... Logo, fiquei um tanto traumatizado... Depois de um tempo, acabei trocando de clínica e dei continuidade com outra equipe. Quando me disseram que eu TERIA que extrair os sisos MESMO, foi um pânico, mas aceitei... E não é que não doeu nada?
Acho que dor, é normal a gente sentir, mas metade da dor depende muito do profissional que manipula a operação.

Leonardo I disse...

Hahaha, gostei muito. Fez um jogo interessante de idéias, brincou com a inteligência do leitor.

Parabéns...

p.s: Tenho pavor de dentistas x.x

Äмbзr Gïrℓ ⅞ disse...

muito bom humor nesse post e que comparações interessantes.

amei.


Blog Suicide Virgin

Tolerância Zero disse...

kkkk...
muito bom o texto..kkk... ironico rir para a morte... muito sagaz.... nem emfale de dentista..ja to acostumado com o ronco do motorzinho!

Fabricio bezerra da guia disse...

eu tenho medo é de dentistas picaretas,eu vi no jornal que um cara timha os dentes saudaveis e ele foi em váriso dentistas que disseram que a boca dele tava podre

Filippe disse...

Parabens pelo Blog!!!

Muito bom o post

http://futebolclubefanaticos.blogspot.com/

Ariane Yajima disse...

kkkkkkkk

nossa adorei!!!

Muito bom o seu texto!!

=***

http://cafecombolachabla.blogspot.com/

Raiana Reis disse...

Parabéns pelos jogos de ideias!

Raiana Reis disse...

Oi, obrigada pela visita no meu blog de poesias, só nao entendi a sua ultima frase:
"P.S: deixei uma pergunta no seu blog sobre os direitos autorais."

Onde está a pergunta? Se é sobre os poemas, sim, são de minha autoria.

' αliиε ' disse...

Lindo Blog!
;)

Apenas passando pra te desejar tudo de bom!

beijooo

Nando! disse...

Excelente teu blog...
parabéns!!!

se puder dah uma passadinha no meu!

www.colandoideias.blogspot.com

' αliиε ' disse...

Olá, eu de novo...
Acho q o q vc colocou lá sobre calotes não foi pra mim né??
Eu comentei no seu blog!
beijo

www.alinepaim.com

Pedro Bittencourt(Gandalf) disse...

Gostei do texto...eu ri com os jogos de palavras...e sou mais um com medo de dentista,mais enfim parabéns...

PeÐro BanÐoli disse...

Cara, adorei o post. xD Eu também tenho medo do dentista, só ouvir o barulho do motorzin e ja ..... suahsuaushuh

º°● Piter disse...

rsrsrsrs. Adorei.

Fiquei preso querendo saber o final, poucas leituras me deixam preso até o fim.


Sorte com deu dentinho moça!!!

P.S:Acredite se quiser, a palavra que preciso digitar para enviar o post é"dotor". rsrsrsr

Abrs

Sou legal, medrosa, ... blábláblá disse...

Adooorei o texto.
*--*



www.algoparachamardemeu.blogspot.com

Felipe disse...

kkkk¹²³
Dentista eh realmente assustador...
Quando fui faazer um canal...
MEU!
A primeiraa seção doeeu deemaais!!
Maas depois foi tudoo bem!

http://cerebro-musical.blogspot.com

º°● Piter disse...

É tão bom encontrar gente com luz no mundo.



Obrigado pela visita, e acima de tudo pelas palavras.


Cuida-te.

meus instantes e momentos disse...

ótimo post.
muito bom teu blog. Bonito , bem escrito e bem feito. Gostei daqui..
Tenha um belo dia.
Maurizio

Vivendo deixando a vida me levar... disse...

Astréia que bom vc apareceu no meu bloguinho vim lhe agradecer a visita e convidá-la a voltar sempre que quiser!

Adorei seu espaço mesmo!! Sobre dentistas, rsss. . . vou menos possível, ainda nada me obrigou a visitá-lo com frequencia. Amém rssss...
Bjokas

=^.~=

clarizinha disse...

mto lindo*-*
você realmente tem o dom de escrever!!!
eu amei d+
passa no meu blog ;] (é completamente diferente!!!)
http://www.my-upp.blogspot.com/

Fabiano disse...

Olá.

O nome é radiografia panorâmica e não Raio X panorâmico ok?

Só por curiosidade, o nome científico do procedimento que vc fez é necropulpectomia (canal de um dente com polpa "morta"). A literatura diz que não é necessário o uso de anestesia nas necropulpectomias, ok?

Legal sua experiência... foi bom pra vc aprender que dentista não é carrasco... hehehehe.

Valeu (fabiano)